No-poo: lavar o cabelo sem champô

E se vos dissesse que é possível lavar o cabelo apenas com água?

Quando fizemos o desafio #onetipadaykeepsthetrashaway no mês de Maio, disse que iria partilhar a experiência de uma amiga que lava o cabelo apenas com água. Aqui vai esse depoimento:


Faz quase um ano desde a última vez que usei shampoo no meu cabelo. 
O método tem um nome: NO POO (no shampoo) e na verdade é tão simples quanto lavar o cabelo apenas com água. Eventualmente lavo também com vinagre de maçã e penteio. Nada mais.
O meu cabelo tem 83 centímetros de comprimento (medi-o agora) e é uma boa “massa” de cabelo, o que faz pensar a qualquer pessoa que é difícil de pentear.. Era! Em tempos acreditei ser dependente de artifícios: do shampoo e do amaciador, pois não passava os dedos entre os fios de cabelo sem a ajuda dos dois.
Não poderia imaginar que essa mesma parceria eram os piores inimigos do meu cabelo! Da saúde dele!
Os dois (assim como toda a família: “hidratantes”,”fortificantes”,”anti-caspa”, “abrilhantadores”, seruns, máscaras, etc) retiravam o óleo natural do cabelo com a ajuda de todos os seus componentes químicos.
Esse óleo (sim, aquele mesmo que dá o aspecto oleoso ao cabelo) é na verdade precioso. Ele é a resposta do corpo à necessidade do cabelo ser regenerado! Como podemos notar, quanto mais lavamos o cabelo com shampoo mais rapidamente ele fica oleoso e esse fenómeno é, nada mais, do que a resposta de socorro a um cabelo altamente agredido pelos químicos!
Por isso, se achas que é mau o teu cabelo ficar rapidamente oleoso enganas-te, o teu cabelo tem uma óptima capacidade de regeneração! 
Esse óleo, essa seiva corporal, é o melhor de todos os amaciadores. Na verdade, o teu cabelo não vai ficar oleoso se deixares de usar shampoo..! A limpeza do cabelo é feita apenas com água, normalmente não preciso de mais nada, muito pontualmente o vinagre de maça ajuda-me numa limpeza mais profunda, sem que, contudo, retire esse óleo natural.
Como fiz para deixar de usar shampoo?
Como se o cabelo estivesse dependente de uma droga (o que não é mentira!) ele teve de ter um tempo de habituação, um tempo para se libertar do shampoo, purificar e regenerar e só depois desse tempo de transição é que o aspecto do cabelo se naturalizou. Como se fosse mesmo um processo de “desintoxicação”.
Durante esse processo deixei qualquer produto para cabelo! Lavei o cabelo apenas com água (como até hoje)!
Poderia ir até 6 semanas (segundo o que li) mas no meu caso foram só duas as semanas de transição. O cabelo ficou oleoso começando pela raiz até chegar ás pontas. Com um aspecto molhado, como se tivesse acabado de dar um mergulho, mas não fica propriamente com mau aspecto, nem sequer tem cheiro. Durante essa minha fase as pessoas apenas pensavam que tinha acabado de tomar banho.
Pentear foi muito importante nessa fase para fazer com que essa bendita seiva (o óleo) chegasse rapidamente ás pontas!
Numa manhã, ao fim dessas semanas, acordei com o cabelo seco. Havia terminado o processo de desintoxicação. Percebi que durante esse período o meu corpo tinha oferecido ao cabelo uma máscara natural altamente regenerante!
Aquilo que achava impossível aconteceu: a partir desse dia até hoje penteio o cabelo seco ou molhado com a maior das facilidades! O cabelo está suave, limpo e forte!
Deixo que o corpo se cuide, enquanto eu o ajudo, entendendo-o cada vez melhor. Sinto o meu corpo mais próximo da Natureza e eu mais próxima da minha por ser com Naturalidade.

Obrigada querida M. por me deixares partilhar a tua história 😊

Update: eu estou há cerca de um mês a lavar o cabelo com sabão líquido castela que é completamente natural, portanto também o meu cabelo está a passar por este processo de desintoxicação. Temos que ser pacientes, pentear bastantes vezes o cabelo e massajar para que os tais óleos naturais se vão libertando. Podes encontrar aqui o sabão castela em versão líquida: https://www.circulobio.pt/loja-dr-bronner-s-portugal-soaps 

Etiquetas: