Links da semana

30 outubro 2015


Nos ”Links da semana” partilho contigo aquilo que fui lendo/ouvindo/vendo durante a semana e que considero relevante tendo em conta a temática do blog. Tento incluir um pequeno resumo em cada link. Por isso, se quiseres saber mais sobre determinada tema é só clicar no respectivo link :)

Find a purpose not a job - projeto da Sofia (do InZen) sobre coaching. Recomendo!

Cereais que devemos incluir na nossa alimentação - Muito importante e já agora vejam todo o blog da Ana Galvão, pois é muito interessante

Maria Garcez: dicas e textos muito interessantes relacionados com mindfullness e não só

A beleza do momento presente 


Bom fim-de-semana! :) 

Mudança de atitude

28 outubro 2015


As coisas não mudam só porque nós queremos. Não funciona assim. Os e-mails vão continuar a cair, as tarefas urgentes para ontem também, os problemas da empresa, as reclamações da equipa, as queixas do costume, o cansaço e a falta de tempo…

O que pode mudar é a nossa atitude. E isso faz toda a diferença!

O difícil é ganharmos essa consciência e gastarmos a nossa energia apenas naquilo que podemos mudar. São tantas as distrações e as solicitações, que se torna ainda mais complicado mantermo-nos no caminho certo.

Por agora vou:

  • Reduzir todas as notificações ao máximo, no telefone e no computador
  • Reduzir o tempo online
  • Definir as 3 tarefas do dia e concentrar-me apenas nisso
  • Deixar algum tempo livre para coisas urgentes (que surgem todos os dias!)
  • Definir períodos específicos para fazer determinadas tarefas, como responder a e-mails
  • Concentrar-me em apenas 2 ou 3 coisas que quero mudar, apesar de querer mudar muitas mais!
  • Passar para um papel tudo o que me vai na cabeça (problemas, preocupações, o que me ocupa mais tempo, tarefas importantes, tarefas prioritárias…)
  • Organizar o que escrevi e focar-me numa coisa de cada vez para cada área 
  • Definir uma solução para cada problema identificado


Não vai ser fácil, mas vou conseguir :)


Receitas minimalistas #2

26 outubro 2015



As receitas minimalistas estão de volta! 

Preciso urgentemente de encontrar inspiração para fazer novas coisas na cozinha. 
Mesmo para quem gosta de cozinhar, não costumas ter fases em que não tens vontadinha nenhuma de cozinhar e acabas por fazer sempre as mesmas coisas só porque tens mesmo que comer? 
E como combater esta falta de inspiração? Revendo receitas antigas e escolhendo as preferidas e mais simples e procurando receitas novas. As receitas mais complicadas ou demoradas são reservadas para o fim-de-semana. Durante a semana tenho mesmo que fazer coisas rápidas e simples. Isso vale também para o pequeno-almoço pois ando a tentar reduzir o consumo de pão.


Estas papas de aveia são deliciosas e super leves. Normalmente sentia-me sempre um pouco pesada depois de comer papas de aveia e depois de comer estas senti-me super bem. Não levam muita aveia e a maçã ralada dá-lhe o toque que faltava!


Nunca cozinhei muito tempeh porque o marido não gosta, mas resolvi experimentar uma nova receita e dar mais uma oportunidade. Resolvi experimentar a receita da MárciaTempeh picante com molho de gengibre e lima.

Adorei a receita e passou a ser das minhas preferidas. Só não consegui conquistar o marido ehehe mas não faz mal. Posso fazer o tempeh para os almoços durante a semana ou então num dia em que haja sobras. Apesar de sermos ambos vegetarianos, não gostamos das mesmas coisas e como o marido não lê este blog, posso revelar que ele é 1000 vezes mais esquisito do que eu :) por isso há que adaptar as receitas e disfarçar o sabor das coisas que menos se gosta. Quando alguém da família não gosta, não usamos esse ingrediente ou adaptamos, por exemplo tenho tempeh de sobra e também tofu fumado, por isso já adivinhas quem vai vai comer o quê :)


Batata doce crocante -  desta vez fiz só com batata doce pois não tinha abóbora, em vez de adicionar pão e queijo, adicionei este "parmesão" vegano. Fica uma delícia!


Ando numa tentativa de reduzir o tempo que passo a cozinhar durante a semana. Por isso resolvi cozinhar arroz integral a mais (adicionei-lhe alga kombu na cozedura) e congelar nas respectivas travessas. Depois vou aquecer em banho-maria ou no forno. Vamos ver como corre!



Confesso que adorava conseguir manter o hábito de criar menus semanais mas nunca consigo fazê-lo mais do que 2 ou 3 semanas seguidas! Por acaso acho que nunca vi ementa semanal em blogs vegetarianos... Aceitam-se sugestões e dicas :)


Boa semana!


Links da semana

23 outubro 2015


Nos ”Links da semana” partilho contigo aquilo que fui lendo/ouvindo/vendo durante a semana e que considero relevante tendo em conta a temática do blog. Tento incluir um pequeno resumo em cada link. Por isso, se quiseres saber mais sobre determinada tema é só clicar no respectivo link :)

Ando viciada em...

Benjamim Clementine






Kurt Vile




Adeus dor de cabeça em 2 minutos! (Experimentei e funciona mesmo!)


Descobri este blog sobre minimalismo e não só e recomendo! Tem imensas dicas de simplificação e fala em capsule wardrobe!




Bom fim-de-semana!

Aos sábados...

21 outubro 2015


Gosto de acordar cedo e de tomar o pequeno-almoço sem pressas.

Às vezes gosto de sair logo bem cedo e de aproveitar bem o dia.

Mas a maior parte das vezes confesso que gosto mesmo é de ficar em casa! Acho que já passamos tanto tempo fora de casa que sinto mesmo a necessidade de me recolher no meu cantinho. Adoro a minha casa e adoro a companhia dos meus dois meninos. 

Adoro dormir no sofá com o 4 patas e recuperar o cansaço sentido durante a semana. 

Depois de uma boa sesta fui para a cozinha. Fiz bolo de cacau (receita green food), granola (receita Made by choices) e gelatina vegetal de morango. 

Sabe bem ficar em casa e preparar a semana que aí vem e ainda sabe melhor já ir a meio da semana e relembrar o fim-de-semana passado. Tão bom! :)

Bom resto de semana!

Tag – conhecendo novos blogs!

10 outubro 2015


Afinal as férias por aqui não foram grandes, mas gigantes!

Estou de volta graças à Vânia que me nomeou para participar na tag "Conhecendo novos blogs". O objectivo é dar a conhecer outros blogs e também conhecer um pouco melhor quem escreve em cada um deles.

Adorei a ideia e comecei logo a escrever. Cá vão as minhas respostas às perguntas da Vânia:

1. O que te levou a começares este blog?

A vontade de partilhar a minha viagem pelo mundo do minimalismo. Já tinha tido um blog há uns anos atrás e sempre gostei muito de escrever. Cheguei a pensar em criar um blog de receitas mas isso nunca aconteceu. Quando descobri o minimalismo senti-me tão inspirada que escrevia todos os dias! Comecei a ler imenso sobre este assunto e tudo aquilo que lia inspirava-me a mudar algumas coisas na minha casa e também na minha vida e forma de estar. Naturalmente senti necessidade de escrever tudo isso para mais tarde recordar e relembrar o que essa mudança trouxe à minha vida. Comecei por escrever numa espécie de diário e só mais tarde resolvi criar o blog. Quando o criei acabei por recuperar muitos dos textos que havia escrito quando comecei a minimalizar a minha vida. Para além de minimalismo, acabei por escrever sobre outras coisas que de certa forma estão associadas, como vida e alimentação saudável

2. O que de melhor o blog tem trazido para a tua vida? Porquê?

Trouxe-me realização pessoal, ligação com outras pessoas que partilham muitos dos meus ideais e acima de tudo auto-conhecimento. Quando nos envolvemos em algo novo acabamos por descobrir muitas coisas sobre nós próprios. Descobri que posso ser feliz se assim o quiser, que tenho poder para mudar muitas coisas se quiser e me permitir a isso.

3. Como concilias a tua vida pessoal com o Blog?

Neste momento não estou a conseguir conciliar muito bem. Este ano foi algo estranho, comecei cheia de ideias novas e de vontade de escrever para o blog, mas com o dia-a-dia cada vez mais cansativo fui perdendo essa vontade. Em Agosto ausentei-me ainda mais! Parei para reflexão e estudo, pois estive a fazer o curso de instrutora de yoga (que adorei!). Quando voltei pensei que a inspiração iria voltar, mas isso não aconteceu. Tinha imensas coisas para partilhar mas de alguma forma não me senti preparada para o fazer e ainda não percebi bem porquê… Quando a altura certa chegar sei que o irei fazer :) Algo que nunca fiz no blog foi escrever por escrever, sem sentir que era realmente aquilo que queria escrever/partilhar. Sinto que devo isso a quem me lê. Ou escrevo realmente aquilo que estou a sentir ou então prefiro simplesmente não publicar. Dizem que se queremos ter sucesso com um blog, devemos publicar de x em x dias e de preferência manter a mesma frequência de posts, publicar na hora x, etc. Eu entendo tudo isso e acho muito importante para quem realmente vive do seu blog. Para mim isso não faz sentido, acima de tudo sou fiel a mim própria e se não me apetece escrever não o faço. Acho que através de um simples post se consegue perceber muita coisa e a energia e a dedicação passa através de tudo aquilo que fazemos.
Espero sinceramente que a escrita deste post (e muito agradeço à Vânia) volte a despertar esta vontade imensa que tinha para escrever e partilhar novos posts :)


4. Onde encontras inspiração para os conteúdos do teu blog?

Em tudo: no meu dia-a-dia, naquilo que leio, na música, no yoga, em filmes, no meu cão e em conversas. Sempre foi fácil ser inspirada, porque desde miúda que invento histórias e filmes com tudo aquilo que me rodeia. Às vezes o difícil é parar essa inspiração.
Quando estou muito cansada e sem energia aí sim, noto que faço mal não só ao meu corpo mas à mente também e a inspiração fica uns dias adormecida. Preciso de me desconectar de tudo (ou pelo menos das coisas que me sugam mais energia) para voltar a sentir-me ligada a mim própria e àquilo que é realmente importante para mim.


5. O que te faz manteres-te motivada e seres consistente no teu trabalho de blogger?

Esta pergunta é complicada de responder, pois neste momento não tenho sido nada consistente no trabalho de blogger. Não lhe tenho dado a atenção devida e que gostaria. É verdade que quando gostamos muito de algo se torna mais fácil, mas também é normal perder um pouco do entusiasmo inicial e é aí que entra o planeamento. É importante dedicarmos algum tempo ao blog, seja 1 hora por dia ou 2 horas de 2 em 2 dias. Como adoro planear e organizar coisas, sempre tive uma pasta no computador com inspirações para o blog, possíveis temas, tags novas, etc e acho importante irmos alimentando isso. Cada um acaba por descobrir a sua forma de organização, mas acho muito importante termos um método pois isso ajuda imenso a sermos consistentes e a mantermos a motivação.


6. O que te leva a seguir um blog?

Identificar-me com quem o escreve (os seus ideais, estilo de vida, a forma como escreve). Acho que isso é sem dúvida o mais importante. Acima de tudo, acho importante que o blogger transmita paixão naquilo que faz e seja uma pessoa com energia positiva. Já chega de energias negativas nas notícias.


7. Quais os 3 conselhos que darias a quem gostava de começar um blog?

Sê fiel a ti próprio(a) (partilha o que achas que faz sentido para ti); estabelece um horário para te dedicares ao blog e tenta ser consistente; segue outros blogs e comunica com outros bloggers e com os teus leitores. Acho que esta ligação é mesmo o mais importante. Fazemos todos parte do mesmo mundo e é tão bom quando sentimos que fazemos a diferença na vida de alguém, às vezes um simples post pode ter um impacto enorme.


8. Como imaginas o teu blog daqui a 3 anos?

Imagino-o com muitos posts, novas ideias, mais leitores e quem sabe algo mais para além do blog. Tenho muitas ideias, só tenho que arranjar forma de as colocar em prática :)


9. Se pudesses mudar algo no mundo o que seria?

Implementava aulas de meditação e yoga em todas as escolas de todo o mundo. Acredito cada vez mais no poder do yoga e da meditação e sei que a longo prazo seriam capazes de mudar muita coisa no mundo.


10. Se pudesses viajar no tempo, escolhias ir para o passado ou para o futuro? porque?

Acho que abdicava desse poder e dava-o a outra pessoa. O importante é o momento presente e sinto-me bem onde estou. Já tive muita vontade de voltar atrás e fazer muita coisa coisa de forma diferente, mas se o fizesse não seria quem sou hoje, nem estaria aqui agora como me conheço hoje. Também já quis viajar para o futuro numa tentativa de fugir de algumas coisas más que me aconteceram no passado, mas também elas fazem parte de quem somos. Hoje não quereria viajar para o futuro porque sei onde quero chegar, só não sei bem qual o melhor caminho a seguir, mas considero que o caminho é mesmo o mais importante! Por isso não adianta correr para o futuro para chegar onde quero chegar, tenho que perceber qual o caminho que me levará até lá e tenho a certeza que esse caminho me irá mudar muito.


Instruções para participar nesta TAG:

1 – Responder às perguntas realizadas por quem te nomeou publicando um post no seu blog;

2 – Podem criar 10 perguntas diferentes ou apenas algumas ou usar as mesmas;

3 – Marcar 3 a 10 pessoas para responderem a essas perguntas e, claro, avisá-las da nomeação.



E as perguntas são:

1. O que te levou a começares este blog?

2. O que de melhor o blog tem trazido para a tua vida? Porquê?

3. Como concilias a tua vida pessoal com o Blog?

4. Que ferramentas usas enquanto blogger (máquina fotográfica, evernote, programa de edição de imagem…)?

5. Onde encontras inspiração para os conteúdos do teu blog?

6. O que te faz manteres-te motivada e seres consistente no teu trabalho de blogger?

7. Como imaginas o teu blog daqui a 3 anos?

8. Quais são os hábitos diários que não dispensas?

9. Quais os teus conselhos para uma vida saudável?

10. Se pudesses mudar algo no mundo o que seria?



Os Blogs que marco com esta TAG para responderem às 10 perguntas são:



Natália Grazziotin http://minimallista.com.br/







Obrigada Vânia e obrigada às participantes forçadas :)