Lista de compras

19 abril 2013


A minha lista de compras agora é muito simples, mas já chegou a ser muito complicada! Também já usei uma aplicação no smartphone, mas confesso que no supermercado não achava nada prático (não dava jeito andar sempre com ele na mão e quando não tinha bolsos ia colocá-lo na carteira?! depois podia pousar o telemóvel em qualquer lado e adeus!).

Além disso o companheiro é que costuma ir às compras e também prefere o papel (e assim vou usando alguns papéis de rascunho que ainda tenho).


Voltando à fase complicada, cheguei a ter um excel com os produtos que comprava, as respectivas quantidades e os preços e ainda sinalizava o aumento e a diminuição dos preços (para quê se tinha que comprar na mesma?!). Claro que podia sempre comparar o preço entre os vários sítios, mas mesmo esta comparação de preços não é assim tão linear... Se faço todas as minhas compras num determinado sítio não vou estar a ir a outro sítio de propósito só porque ali é mais barato. Não compensa, tempo também é dinheiro (tempo que gastava no ficheiro excel e na ida às compras), já para não falar nos gastos da deslocação.

Em relação a esta questão do tempo, o mesmo se aplica ao facto de comprarmos legumes congelados, por exemplo. Claro que são mais caros, mas o tempo que demoramos a arranjá-los também custa dinheiro. Compreendo que muitas pessoas não tenham essa possibilidade, mas se não for esse o caso, porque não comprar legumes congelados? Ganhamos tempo para fazer outras coisas! E os legumes congelados (que não estão pré-cozinhados) são igualmente saudáveis, pois são apanhados na altura certa e tratados e empacotados em condições de segurança e higiene alimentar, não perdendo qualquer valor nutricional. A única desvantagem que encontro está mesmo nas embalagens, que muitas vezes poderiam ser maiores (pois assim compravamos menos plástico) e feitas com outro material que não o plástico.

Continuando na lista, agora faço assim: tenho uma lista no google drive com todos os produtos que compro sempre (divididos por área do supermercado e frequência). As áreas e os produtos já estão de acordo com a ordem dos corredores seguida no supermercado, pois assim não tenho esse trabalho quando passo para o papel. Tenho ainda uma área com os produtos que apenas prefiro comprar em lojas de produtos naturais.

Quanto às coisas novas que vou experimentando, se gostar mesmo delas, passam para a lista.

E como vou apontando aquilo que vai acabando?
Sublinho esse produto na lista ou coloco a negrito e acrescento a respectiva quantidade, se for necessário (como podem ver na imagem abaixo). Posso aceder à lista muito facilmente (computador, smartphone ou iPad), por isso é tão prático como o papel e caneta. Itens que raramente compro (por exemplo outro dia tive que comprar uma esfregona), só fazem sentido estar na lista em papel.

Na altura de ir às compras, passo tudo para o papel. Se quero acrescentar coisas novas coloco alguma explicação, marca ou preço para ajudar o namorido na tarefa.
Como só fazemos compras mensais, acabamos por comprar mais ou menos as mesmas coisas todos os meses (claro que não é a lista toda! O açúcar por exemplo dá para muito muito tempo). Por isso, caso não possa fazer a lista por algum motivo, é só pegar na lista geral e ver as coisas que costumo comprar mensalmente e já está. Esta solução é ainda mais rápida!

Quanto aos frescos, nem costumo fazer lista, a não ser que queira fazer alguma receita específica/diferente do habitual e aí anoto para não me esquecer. Aí sim abro uma excepção e uso o smartphone e coloco os itens na app Gtasks.

O meu documento é assim:




E aqui vai a lista completa. Compro tudo nos supermercados/hipermercados tradicionais, apenas a última parte tem os produtos que compro em lojas de produtos naturais. Tento comprar sempre as alternativas mais saudáveis/biológicas/integrais... e sem qualquer ingrediente animal. Penso que apesar de alguns produtos serem geralmente mais caros, a nossa saúde sai recompensada.


VEGETARIANA

  • Chás em folhas (cidreira, verde...) - deixei de comprar chás em pacotes
  • Sementes (girassol, chia, linhaça, sésamo, abóbora)
  • Soja grossa e fina
  • Maionese s/ovo
  • Pasta amendoim
  • Pasta de sementes de sésamo
  • Farinhas especiais
  • Levedura de cerveja (costumo comprar em flocos, o sabor não é tão intenso)
  • Cereais
  • Barras de cereais 
  • Bolachas
  • Massa integral
  • Polpa de tomate
  • Caldo de legumes
  • Aveia
  • Iogurtes de soja
  • Sal grosso
  • Natas de aveia
  • Cuscuz
  • Sêmola de milho
  • Molho de soja

WC / LIMPEZAS

  • Óleo de amêndoas doces
  • Cera depilatória (ainda não descobri ceras ecológicas. Alguém conhece?)
  • Cotonetes biodegradáveis
  • Sabonetes
  • Papel higiénico reciclado
  • Rolos de cozinha reciclados
  • Papel vegetal

PADARIA

  • Tostas integrais
  • Massas (folhada, quebrar)
  • Pão (forma, pita, broa)

MERCEARIA
 
  • Água  
  • Água das pedras
  • Leite de soja
  • Cápsulas máquina café
  • Café em pó
  • Azeite
  • Vinagre vinho branco (para as limpezas)
  • Vinagre balsâmico
  • Óleo amendoim
  • Especiarias (alho pó, cominhos, coentros, paprika, açafrão, caril, pimenta, gengibre, salsa, orégãos, tomilho, canela...)
  • Bicarbonato sódio (para as limpezas)
  • Enlatados/secos (Cogumelos, feijão, rebentos, espargos, grão)
  • Arroz (Agulha, Basmati, Integral, Selvagem) 
  • Massas (espirais, laços, conchas) 
  • Placas de lasanha 
  • Farinhas (s/ fermento; c/ fermento; p/ pão) 
  • Pão ralado 
  • Côco ralado
  • Fermento
  • Açúcar amarelo/mascavado
  • Cacau
  • Manteiga de soja

FRUTA E LEGUMES (estes não compro apenas mensalmente) 
(Aqui compro quase tudo, mas vou variando de cada vez que vou às compras... Alguns exemplos):
  • Saladas (alface, agrião, rúcula...)
  • Batata
  • Cebola
  • Cenoura
  • Curgete
  • Alho-francês
  • Alhos
  • Pimentos
  • Espinafres
  • Beringela
  • Cogumelos (todas as espécies, pois ADORO cogumelos!)
  • Rebentos de soja
  • Tomates
  • Tremoços
  • Frutos secos / cristalizados
  • Fruta (de tudo um pouco)

CONGELADOS:

  • Espinafres
  • Ervilhas
  • Milho
  • Cogumelos
  • Batatas -dá jeito quando não queremos ter tanto trabalho, pois é só colocar no forno
  • Douradinhos de vegetais e de espinafres - são óptimos para quando queremos uma refeição mais rápida

LOJAS DE PRODUTOS NATURAIS (costumo ir às lojas Celeiro-Dieta):

  • Produtos de higiene pessoal, como champô, desodorizante...
  • Óleo côco
  • Farinhas especiais (de grão, de soja...)
  • Mortadela vegetal
  • Queijo vegetal
  • Salsichas
  • Chouriços
  • Seitan
  • Tofu
  • Tofu fumado
  • Chocolates (vegan)
  • E sempre que quero comprar algo diferente do habitual já sei que neste tipo de lojas encontro sempre!

Se quiserem ver outra lista com uma grande variedade de produtos adequados a uma alimentação vegana aconselho esta (quem sabe se não é desta que começam a experimentar algumas coisas diferentes?). Confesso que quando vi essa lista decidi comprar algumas coisinhas novas. Afinal é sempre tão bom variar e aprender a cozinhar/experimentar coisas diferentes, não é?

Qualquer dúvida sobre onde encontrar alguma coisa ou como cozinhar, digam. Tenho todo o gosto em ajudar :)

4 comentários:

  1. Olá Ana,

    obrigada pela partilha.
    Em relação aos legumes congelados, até sou da opinião que alguns são mais baratos que os legumes frescos, se tivermos em conta que já vêm prontos autilizar (sem talos, cascas...). Eu costumo comprar couve-flor, bróculos e feijão verde congelado e adoro. Por vezes também compro cogumelos para emergências (prefiro os frescos mas de vez em quando dá jeito ter...).

    Filipa
    www.welc-home.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  2. Olá Ana! Adoro o teu blog! Revejo-me imenso neste post! Não sou vegetariana, mas faço algumas comidas e revejo-me porque já tive a lista das compras complicada (o excel com a lista e comparação de preços), e ja cheguei a ir a vários sítios para as compras do mês, e arranjava os legumes todos para congelar! E realmente aos poucos e vendo o esforço uma pessoa acaba por ter noção que há coisas que não valem a pena! Acabei por optar pelos legumes congelados, é que no fundo são iguais! E concordo com a Filipa, alguns até mais baratos que os frescos e não há o trabalho de arranjarmos! É mais tempo que sobra! Realmente era bom que fizessem sacos maiores, era muito menos plástico! Depois chegamos a conclusão que realmente para quê ir a vários supermercados?! É mais tempo que se ganha! Antes perdia algum tempo com o excel agora tenho só o papel, faço a lista no papel antes de ir as compras, foi mais tempo que ganhei e menos preocupações com comparação de preços, com "qual o super que tem a melhor promoção", etc... e realmente a vida assim é melhor, é menos stressante :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah e obrigada pelas listas, vou copiar porque realmente há coisas que não uso e é uma óptima ideia experimentar novas comidas! :)

      Eliminar
    2. Obrigada Carla! É mesmo isso, tens razão, nada como simplificar ao máximo e tentar perder o mínimo de tempo possível.

      Eliminar