Como não perder tempo a decidir o que vestir?

01 dezembro 2016



Uma amiga enviou-me este artigo há uns tempos e não consegui deixar de pensar nele... Na altura partihei-o no facebook do blog. Adoro esta ideia de usar um uniforme e gostei particularmente do uniforme que a Matilda usa e que aparece nesta foto. Identifiquei-me totalmente!

Como ser minimalista no Natal?

30 novembro 2016


Há já alguns anos que não trocamos presentes no natal. Combinamos entre todos e deixamos de o fazer. Simplesmente não faz sentido fazer parte desta onda consumista, dar simplesmente por dar, passar horas em filas no trânsito e nas lojas para pagar, gastar tempo a escoher os presentes (muitas vezes à pressa e comprar algo só porque sim, algo que a outra pessoa poderá nem precisar ou gostar). 

No fim-de-semana passado houve filas e filas em todo o lado... Afinal foi o fim-de-semana "Black friday"! Este acontecimento sempre me fez muita confusão e sempre me chocou ver pessoas nos Estados Unidos à batatada por causa de... coisas, simplesmente coisas! Como podemos chegar a este nível? Juro que não entendo... Infelizmente os nossos bons hábitos estão a desaparecer e cada vez mais adquirimos os maus hábitos dos outros, começou na alimentação, depois no consumo... Sempre tivemos coisas tão positivas e em vez de copiarmos as coisas melhores dos outros, não! Copiamos as piores! Adorei este post da Isabel do blog living slow sobre este tema.

Deixo aqui um pequeno guia sobre como podemos tornar o Natal deste ano em algo mais simples:
  • Resistir às tentações das promoções: antes de tudo perceber se precisamos mesmo de algo ou se iremos comprar só porque achamos a promoção fantástica! Se não precisarmos, simplesmente não devemos comprar! (acho incrível a quantidade de televisões que se compram nesta altura... Estarão as nossas televisões a ficar todas velhas de um dia para o outro? E será que vemos assim tanta televisão que compense comprar uma nova?)
  • Combinar com amigos e família o seguinte: ou não oferecer nada ou então optar por experiências ou prendas úteis/vouchers de lojas que as pessoas gostam. Cá vão alguns exemplos de experiências:
    • Almoço ou jantar 
    • Estadia num hotel
    • Aula/mensalidade num ginásio
    • Workshop
    • Vouchers de serviços (massagens, tratamentos estéticos...)
  • Reduzir os jantares de Natal e os encontros sociais que não nos interessam e aproveitar sim aqueles onde queremos mesmo estar!
E lembrem-se: menos consumo, mais propósito :)

créditos imagem | https://pt.pinterest.com

Para updates diários,
segue o "Ana, Go Slowly" no Facebook,
e no Instagram @anagoslowly/.
Para imagens inspiradoras segue-me no Pinterest.
Os podcasts do blog estão no SoundCloud.
Recomendo ainda a minha loja da amazon onde tenho várias sugestões de livros e não só.
Se necessitares de entrar em contacto, por razões pessoais ou profissionais, envia-me um e-mail para anagoslowly@gmail.com

A vida por aqui anda a 1000

08 novembro 2016



Mas ainda há tempo para contemplar o nascer do sol :)
Esta foto foi tirada perto de casa a um sábado de manhã. As cores do céu estavam lindas (a foto não tem qualquer edição ou filtro).

Então voltando aos 1000... Em Setembro comecei um novo trabalho!
Um novo desafio, numa área completamente nova, numa zona diferente, com outros horários e outra disponibilidade.
Estou a adorar, mas tem exigido muito de mim, não só o trabalho em si, mas a adaptação que tive que fazer em muitas áreas da minha vida pessoal.
Saio à mesma hora de casa (bem cedo) mas volto muito mais tarde.
Deixei de conseguir ir às aulas de yoga duas vezes durante a semana (vou só ao domingo), pois chego muito mais tarde a casa, apanho mais trânsito de manhã e à noite e estou muito menos tempo em casa.

Ainda estou a descobrir novas formas de me organizar e de simplificar ainda mais a minha vida e as tarefas que não conseguimos mesmo deixar de fazer (acho que aquilo que poderia eliminar já eliminei!).

Entretanto para aproveitar o facto de ir tão cedo trabalhar (vou porque gosto uma vez que o horário de entrada é às 9h/9.30), decidi começar a ir ao ginásio às 8h da manhã! Quem diria, eu que nunca gostei de ginásios! Estava sinceramente a precisar de me sentir mais activa... Estou a adorar, o que nunca pensei!

Depois há outras coisas que adorava fazer mas que agora são quase pura obrigação: cozinhar! Estou sinceramente a ponderar arranjar ajuda nesta parte. Tenho que fazer o almoço para levar todos os dias, pois junto ao trabalho não há mesmo hipóteses que goste. Esta comida até faço muito bem e faço várias refeições de uma vez só, mas o jantar... Confesso que não tenho vontadinha nenhuma de fazer! Não quero comprar nada pré-feito, primeiro devido aos ingredientes (nada saudáveis e cheios de conservantes) e depois devido às embalagens, por isso tenho estado a pesquisar quem faça comida vegan e entregue na zona do Porto. Se souberem ou conhecerem alguém avisem :) Já encontrei alguns projectos e já solicitei informações.

E não me posso esquecer de que há o blog (apesar de não publicar assim tantos posts há sempre coisas a fazer) e o projecto lixo zero (que me tem ocupado ainda mais tempo do que o blog). 

Gosto imenso de fazer várias coisas diferentes e de ter vários projectos em mente. Aliás é nestas alturas que me sinto mais criativa, por isso venham daí novos desafios. Estou pronta para mais! :)

Para updates diários,
segue o "Ana, Go Slowly" no Facebook,
e no Instagram @anagoslowly/.
Para imagens inspiradoras segue-me no Pinterest.
Os podcasts do blog estão no SoundCloud.
Recomendo ainda a minha loja da amazon onde tenho várias sugestões de livros e não só.
Se necessitares de entrar em contacto, por razões pessoais ou profissionais, envia-me um e-mail para anagoslowly@gmail.com

Loja Ana, Go Slowly

02 novembro 2016

O mercadinho de domingo correu bem, mas ainda não consegui vender tudo o que queria vender! 
Alguns dos sapatos e das peças não tinham os tamanhos adequados para quem queria comprar. Assim resolvi tirar algumas fotos e colocar no OLX.

Se gostarem de alguma peça só precisam de falar comigo :)

Aqui fica o link onde podem ver todos os anúncios.



Para updates diários,
segue o "Ana, Go Slowly" no Facebook,
e no Instagram @anagoslowly/.
Para imagens inspiradoras segue-me no Pinterest.
Os podcasts do blog estão no SoundCloud.
Recomendo ainda a minha loja da amazon onde tenho várias sugestões de livros e não só.
Se necessitares de entrar em contacto, por razões pessoais ou profissionais, envia-me um e-mail para anagoslowly@gmail.com

Venda de artigos em 2ª mão

28 outubro 2016

No domingo, dia 30 de Outubro, irei paraticipar na "Mini-feira de 2ª mão no andaime", que se irá realizar no Cultura Curto Espaço.

Irei ter artigos de casa, de cozinha, para cães, roupa e calçado de homem e senhora e também alguns livros. Tudo em óptimo estado claro :) Apareçam! Mesmo que não comprem nada podemos sempre conversar.

Quando e onde?
30 de Outubro
das 10.30 às 15:00
Rua Major Agnelo Moreira, 14. Aguda, Porto, Portugal

Para updates diários,
segue o "Ana, Go Slowly" no Facebook,
e no Instagram @anagoslowly/.
Para imagens inspiradoras segue-me no Pinterest.
Os podcasts do blog estão no SoundCloud.
Recomendo ainda a minha loja da amazon onde tenho várias sugestões de livros e não só.
Se necessitares de entrar em contacto, por razões pessoais ou profissionais, envia-me um e-mail para anagoslowly@gmail.com

Deixei de ter balde do lixo para embalagens

25 outubro 2016



Na minha cozinha uma das gavetas já tinha baldes para o lixo/reciclagem. Há muitos anos atrás o balde maior (que está na imagem) era destinado ao lixo comum.
Depois passou a ser o das embalagens e rapidamente se enchia! Acho que praticamente todas as semanas...
Como ando a tentar reduzir o lixo ao máximo e o lixo que fazemos mais é o do ecoponto amarelo, é nesse que temos que centrar a nossa atenção!
Então a melhor forma de reduzir é ser radical!
Agora sempre que fizer algum tipo de lixo levo imediatamente para o ecoponto. Afinal tenho 2 mesmo perto de casa e vou várias vezes lá fora com o meu cão.
O objectivo é que o pensamento "Não tenho balde do lixo para embalagens" se entranhe e nos faça pensar que não podemos produzir esse tipo de lixo!

Actualmente este balde fica com lixo para compostagem, onde cabem 3 frascos (1 grande e 2 mais pequenos). No final da semana entrego esse composto a quem precisa, lavo o balde e os frascos e ficamos prontos para mais uma semana :)

E desse lado ainda usam muitos baldes para o lixo?

Para updates diários,
segue o "Ana, Go Slowly" no Facebook,
e no Instagram @anagoslowly/.
Para imagens inspiradoras segue-me no Pinterest.
Os podcasts do blog estão no SoundCloud.
Recomendo ainda a minha loja da amazon onde tenho várias sugestões de livros e não só.
Se necessitares de entrar em contacto, por razões pessoais ou profissionais, envia-me um e-mail para anagoslowly@gmail.com

Nevoazul: uma revista sobre minimalismo

21 outubro 2016


Fazia falta uma revista sobre minimalismo e ainda mais em português.
Esta revista é para ser lida com calma e com tempo. Foi por isso mesmo que demorei imenso a ler a minha. Saboreei cada página, enquanto bebia chá ou café. E vale a pena cada minuto passado a lê-la.
Nota-se que cada detalhe foi pensado e feito com muita dedicação.
Já seguia a Catarina e sempre gostei de muito de a ler, mas a revista ainda vai mais longe do que o seu blog.
Na Nevoazul podemos encontrar algumas histórias (muitas delas parecem quase pura poesia), textos sobre sustentabilidade, minimalismo, entrevistas e muito muito mais. As imagens que acompanham muito dos textos são simplesmente lindas. Fiquei rendida! :)

E onde se pode comprar a Nevoazul?

PORTUGAL:
Under the Cover
Rua Marquês Sá da Bandeira 88b, 1050-150 Lisboa

Princesinha
Rua de Cedofeita 486, 4050 Porto

Flanêur
R. de Ribeiro de Sousa 229, 4250 Porto

A4
Rua 31 de Janeiro nº. 78 R/chão - 6300 769 Guarda

EUA
McNally Jackson Periodicals
52 Prince St, New York, NY 10012, EUA

ALEMANHA
Do you read me?! 
Auguststrasse 28, 10117 Berlin-Mitte

ESPANHA
Chandal 
C/Tantarantana 16 8003 Barcelona

ONLINE

Boas leituras!

Para updates diários,
segue o "Ana, Go Slowly" no Facebook,
e no Instagram @anagoslowly/.
Para imagens inspiradoras segue-me no Pinterest.
Os podcasts do blog estão no SoundCloud.
Recomendo ainda a minha loja da amazon onde tenho várias sugestões de livros e não só.
Se necessitares de entrar em contacto, por razões pessoais ou profissionais, envia-me um e-mail para anagoslowly@gmail.com

On my way to zero waste #4: alternativas zero desperdício (comida, produtos de higiene e de limpeza)

12 outubro 2016

Uma vida zero waste anda de mãos dadas com o minimalismo, assim nesta rubrica pretendo documentar a minha caminhada em direcção a uma vida com menos lixo. 
O grande objectivo: lixo zero!

Como viver sem produzir lixo? Não é nada fácil, bem sei! Diria quase que é totalmente impossível! Mas há estratégias simples que todos podemos fazer. Para além daquelas que já partilhei aqui, tenho estado a trabalhar num ficheiro excel que reúne todas estas informações e que inclui uma lista de produtos que usamos no nosso-a-dia, bem como a respectiva alternativa zero waste / zero desperdício (desde comida, a roupa, utensílios, produtos de higiene e detergentes de limpeza).

Lista daquilo que posso fazer para uma vida lixo zero/sem desperdício. (o ficheiro está partilhado e é editável por todos, acrescentem informação e dicas)



Para quem quer seguir uma vida zero waste cá vão mais algumas dicas simples:
  • Começa por analisar as grandes fontes de lixo da tua casa e verifica o que se pode fazer com cada item (abre mesmo o caixote do lixo e analisa o teu lixo)
  • Substitui os itens descartáveis (copos/pratos/talheres de plástico, sacos de plástico, garrafas de plástico, guardanapos de papel, lenços de papel, toalhitas...) por versões reutilizáveis em tecido, vidro, madeira, alumínio. 
  • No caso de o ponto anterior não ser possível, opta por itens que se possam decompor/reciclar
  • No caso de não ser possível comprar a granel opta sempre por embalagens em papel
  • Sempre que possível dá preferência a produtos biológicos, ecológicos, de produtores locais
  • Para novos utensílios da casa/cozinha dá preferência a itens que não sejam de plástico: vidro, inox, madeira, cerâmica...
  • Para itens não perecíveis compra embalagens maiores (por exemplo papel higiénico...)
  • Planeia as tuas saídas/compras e leva sacos/embalagens reutilizáveis

E não te esqueças do seguinte (muito importante):
  • Zero waste é apenas uma referência! Não temos todos que produzir 0 lixo! Até porque isso seria impossível. Basta simplesmente termos esta consciência de que queremos reduzir e não ficarmos desanimados por não atingirmos essa meta.
  • Uma só pessoa pode fazer toda a diferença e pequenos passos diários fazem diferenças enormes
  • Na tua lista de compras separa por lojas aquilo que podes comprar a granel e tem sempre um kit de compras pronto, assim na altura de sair é só levar
  • Analisa uma divisão da tua casa de cada vez e vê como podes reduzir o lixo em cada uma delas. Vai avançando para a divisão seguinte. Se achares necessário, no final, repete o processo.
  • Comprar é como votar, ao comprar estamos a dizer que estamos de acordo com a filosofia da empresa/marca (embora muitas vezes não pensemos nisso), então se algo não te agrada fala, sugere ou deixa simplesmente de comprar!

Para updates diários,
segue o "Ana, Go Slowly" no Facebook,
e no Instagram @anagoslowly/.
Para imagens inspiradoras segue-me no Pinterest.
Os podcasts do blog estão no SoundCloud.
Recomendo ainda a minha loja da amazon onde tenho várias sugestões de livros e não só.
Se necessitares de entrar em contacto, por razões pessoais ou profissionais, envia-me um e-mail para anagoslowly@gmail.com

2.º Podcast Ana, Go Slowly: Simplificar o guarda-roupa

10 outubro 2016




https://soundcloud.com/anagoslowly/simplificar-o-guarda-roupa

Já se encontra disponível um novo episódio do podcast. Desta vez falamos de simplificar o guarda-roupa, de armário cápsula e de como destralhar esta área da nossa vida que nos consome tanto tempo.

No final respondemos às questões que nos foram deixando no blog. Por isso se tiverem questões ou sugestões deixem aqui no blog ou enviem e-mail, teremos todo o gosto em responder.


RSS Feed: http://feeds.soundcloud.com/users/soundcloud:users:251092330/sounds.rss

Para updates diários,
segue o "Ana, Go Slowly" no Facebook,
e no Instagram @anagoslowly/.
Para imagens inspiradoras segue-me no Pinterest.
Os podcasts do blog estão no SoundCloud.
Recomendo ainda a minha loja da amazon onde tenho várias sugestões de livros e não só.
Se necessitares de entrar em contacto, por razões pessoais ou profissionais, envia-me um e-mail para anagoslowly@gmail.com

On my way to zero waste #3: Livro Bea Johnson e 21 dicas para reduzir o lixo

26 setembro 2016

Uma vida zero waste anda de mãos dadas com o minimalismo, assim nesta rubrica pretendo documentar a minha caminhada em direcção a uma vida com menos lixo. 
O grande objectivo: lixo zero!

O lançamento do livro da Bea Johnson em Portugal é hoje! Em português o livro intitula-se "Desperdício Zero: Simplifique a sua vida reduzindo o desperdício em casa".

O prefácio é da autoria da Eunice Maia, fundadora da loja Maria Granel.



Apesar de eu ter o livro em inglês na versão digital e de só comprar livros neste formato, não posso perder esta edição em papel!
É um livro que vou consultar muitas e muitas vezes, por isso estou mortinha por agarrar o meu.
Enquanto não faço a review do livro, partilho convosco algumas dicas que permitem reduzir o desperdício!

Quem me acompanha no instagram tem seguido as minhas dicas lixo zero. Aproveitei as férias de Agosto para me dedicar a ler imenso sobre o assunto e a procurar alternativas. São dicas bem simples e fáceis de implementar :)

 [Comida/Alimentação]
1 - Arranja um kit de viagem lixo zero: conjunto de talheres (apesar de serem de plástico e ser preferível utilizar utensílios em madeira ou metal, como já tinha estes vou utilizar o que tenho), frasco de vidro com fruta (neste caso melancia), frasco de vidro com papas de aveia (overnight oats), maçã inteira e tâmaras em saco de tecido, guardanapo de pano. Coloquei tudo num saco térmico com uma placa refrigeradora.


2- Compra alimentos a granel. Podes consultar a lista de lojas em Portugal aqui.  Se souberes de mais alguma edita o ficheiro. Também tenho estado a adicionar as lojas ao Zerowastehome.


3 - Compra sem sacos: quando comprares algo numa loja diz não ao saco ou embalagem. Coloca num saco em tecido ou directamente na tua mala.
Na primeira foto, à esquerda, o saco que uso para roupas/acessórios e outros. À direita em cima o kit que uso nas compras de frescos da semana: caixa para frutos vermelhos, um frasco para ervas secas e 3 sacos em tecido. Uso a caixa de plástico para colocar os frutos vermelhos e assim esvazio logo a caixa que vem com os morangos. Desta forma a caixa poderá ser reutilizada. Podes também levar para casa e devolver na próxima vez. Faz o mesmo com os sacos, caso te esqueças de levar os teus: levas para casa e depois devolves. Ainda do lado direito, abaixo, os sacos de tule/rede para frutas/vegetais nos locais em que obrigam a usar saco.
Lavo os sacos usados nessa semana todos os fins-de-semana, é só colocar na máquina, não custa nada e secam super rápido.
Ando sempre com 2 sacos em tecido na mala pois podem ser necessários a qualquer altura.


4 - Usa sacos reutilizáveis para snacks: um é em forma de bolsa, o outro substitui o papel de alumínio que usamos para embrulhar as sandes e ainda serve de individual. São vendidos pela Pegada Verde mas também estão à venda no pingo doce.


5 - Faz o leite vegetal em casa, assim não acumulas pacotes e pacotes de leite para reciclar. O planeta já não precisa só de reciclagem, precisa sim que produzamos menos lixo!
Este é de aveia (receita daqui), mas podes fazer de amêndoa, côco, cânhamo...


6 - Usa um saco de tecido para comprar pão ou, se fazes em casa, para guardar o pão. Os sacos de pano são muito mais giros e muitos mais resistentes não correndo o risco de rasgar e o pão cair ao chão (não vá depois o funcionário da padaria voltar a colocar o pão no cesto, sim já vi e já me contaram que acontece...) não arrisquemos e levemos um saco para o nosso pão. Ainda ajudamos o nosso planeta e a padaria já não precisa de gastar dinheiro nos sacos. Este saco foi feito pela minha mãe.

7 - Em vez de fazeres etiquetas para colares nos frascos compra uma caneta de acetato e escreve directamente no vidro, indicando o alimento e data de validade. A tinta sai com as lavagens e há canetas de muitas cores, podes tornar os teus frascos bem coloridos :)


8 - Dá preferência a e embalagens de alumínio, papel, vidro ou ferro, pois podem ser reutilizadas e conseguem ser totalmente recicladas.

9 - Diz não aos copos de plástico e às palhinhas. Usa um copo de vidro ou bebe simplesmente da garrafa e quanto às palhinhas simplesmente recusa! Se as palhinhas te fizerem assim muita falta, compra uma de alumínio e anda sempre com ela.

10 - Para congelar comida usa frascos/caixas de vidro ou mesmo sacos de pano. Podem ser frascos de vidro reutilizáveis (de compotas, manteigas de frutos secos, geleias...) que uso para molhos e sopas ou caixas de vidro que uso para hambúrgueres, rissóis, bolinhas... O pão coloco em sacos de pano já fatiado. Quando quero usar basta colocar na torradeira.


11 - Faz compostagem/Aproveita o lixo orgânico: utiliza as cascas dos vegetais, restos de comida e borra de café para fazer compostagem. Eu não faço compostagem, até porque depois não tinha onde usar, mas guardo o lixo da semana em frascos (costumo encher 2 destes por semana, às vezes mais) e depois entrego a quem utiliza. Podem perguntar a quem tenha hortas em casa ou mesmo aos agricultores de produtos biológicos.
Aqui é possível consultar os locais de compostagem comunitária: http://www.lipor.pt/pt/educacao-ambiental/horta-da-formiga/compostagem-caseira/terra-a-terra/conheca-os-locais-de-compostagem-comunitaria/

[Higiene/Beleza]
12 - Quando tiveres que substituir a tua escova de dentes, compra uma de bambu (são biodegradáveis). Coloca já na tua lista. Usa as escovas antigas nas limpezas, são óptimas para chegar a sítios difíceis. Eu comprei a minha na Sapato verde. Gostei imenso da escova e não senti qualquer diferença em relação às escovas de plástico. Ainda por cima as de bambu são muito mais giras :)


13 - Substitui o teu champô por um champô sólido (uma vez que assim não usas embalagens).
A Lush tem uns óptimos e para todo o tipo de cabelos.
Guardo na lata da Lush e uso directamente assim, pegando na lata e passando na cabeça. É bem simples. Também há condicionadores em barra
E no banho usa sabonetes, o princípio é o mesmo: não usar embalagens. Prefere sabonetes e champôs embrulhados em papel. Algumas marcas artesanais até podem mesmo vender sem embalagens.



14 - Quando estiveres em hotéis leva sempre os teus produtos de wc e não uses os oferecidos. Claro que é muito mais conveniente usarmos o que já lá está e não irmos carregados com os nossos, mas se podemos utilizar mini-embalagens tal como há nos hotéis e reutilizá-las, o ambiente agradece, até porque na maior parte das vezes não gastamos tudo e o que sobra vai para o lixo


15 - [Só para mulheres] [Alternativa ecológica para pensos higiénicos e tampões]
Substitui os pensos higiénicos e tampões comuns por alternativas ecológicas.
Há várias opções, que beneficiam não só o ambiente mas também quem tem alergias aos tradicionais pensos e tampões, que estão repletos de químicos e são derivados do petróleo:
Pensos higiénicos e tampões biodegradáveis: É possível encontrar em várias lojas que têm produtos biológicos/dietéticos, como Celeiro Dieta, IdealBio (no Porto).
Pensos em tecido: comprei os meus à Vera num dos mercados Pan e já falei sobre eles no blog.
Copo menstrual: esta é provavelmente a alternativa mais ecológica e mais prática (para quem se adaptar ao copo) uma vez que só é necessário mudar cerca de uma vez por dia e também só temos que lavar um item (enquanto em relação aos pensos lavamos vários). Basta pesquisares na net, há imensas lojas que vendem online e também é possível comprar em farmácias.


 [Animais]
16 - [para quem tem cães] Usa sacos biodegradáveis para apanhar o cocó: às vezes pensava que quando apanhava o cocó do meu cão na rua estava a fazer pior ao ambiente do que aqueles que não apanhavam, pois o cocó é biodegradável! Logo não parece fazer muito sentido colocá-lo num saco que pode demorar cerca de 100 anos a decompor-se! Por isso usa sacos biodegradáveis. Antes de comprar também usava papel higiénico pois apesar de tudo é sempre melhor do que o plástico e o meu cão é pequeno por isso não deixa presentes muito grandes. Estes comprei na eco escolhas.


17 - Usa toalhitas em tecido (para limpar patas, focinho, olhos, rabinho ou qualquer outra coisa lá por casa na zona dos animais). Estas fiz a partir de t-shirts velhas.



18 - Compra comida e biscoitos para animais a granel. Se não for possível, dá preferência a embalagens maiores. Também é possível fazer biscoitos em casa. Já tenho algumas receitas para experimentar.

[Geral]
19 - Coloca um autocolante "Publicidade não" na caixa do correio. Esta é bem simples e não custa nada! Como não tinha papel autocolante imprimi em papel e depois coloquei papel autocolante transparente por cima. Já imprimi mais 2 para substituir caso este se estrague. Até agora deu resultado: zero correio!


20 - Nas casas de banho públicas dá preferência aos secadores automáticos ou faz como eu e deixa simplesmente as mãos secarem ao ar, depois de as sacudires bem (dizem que sacudir 14 vezes é suficiente por isso Shake Shake Shake)

21 - Se fores como eu e não tiveres nada para fazer ao final do dia, apanha lixo! Eu aproveito para o fazer quando vou dar caminhadas com o meu cão e sabias que apanhar lixo está na moda e há uma hashtag para isso? #1pieceofrubbish



Para updates diários,
segue o "Ana, Go Slowly" no Facebook,
e no Instagram @anagoslowly/.
Para imagens inspiradoras segue-me no Pinterest.
Recomendo ainda a minha loja da amazon onde tenho várias sugestões de livros e não só.
Se necessitares de entrar em contacto, por razões pessoais ou profissionais, envia-me um e-mail para anagoslowly@gmail.com